O movimento sindical avaliou de forma positiva a disposição dos bancos em debater os principais pontos de adoecimento da Categoria.

O compromisso foi firmado na mesa temática de Saúde do trabalhador, em reunião entre o Coletivo Nacional de Saúde, Comando Nacional e FENABAN, realizada na tarde dessa terça-feira (9), em São Paulo.

A presidenta da Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro de Minas Gerais – Fetrafi-MG, Magaly Fagundes, e a Secretária de Saúde da Fetrafi-MG, Helyany Gomes, participaram da Mesa.

O movimento sindical iniciou a reunião com uma explanação sobre as más condições de trabalho vivida pelos bancários – que sofrem com cobranças excessivas, metas abusivas e assédio moral – e mostram a real necessidade de ações preventivas.

“Solicitamos à FENABAN acesso aos dados de afastamento, para podermos pensar em medidas preventivas em conjunto com os bancos, precisamos discutir a organização do trabalho, a forma de gestão. Também temos que discutir sobre as condições de trabalho em plataformas digitais”, disse Helyany Gomes.

Os bancos reconheceram a importância da mesa temática de saúde na construção de avanços para a categoria e se colocou à disposição para avançar no tema.

A próxima reunião para começar a discutir efetivamente as possibilidades de prevenção ficou marcada para o dia 22 de maio.