Terminou nesse domingo (30) a 21ª Conferência Estadual dos Bancários de Minas Gerais. O último dia teve debate sobre estratégia e organização, aprovação de propostas e eleição de delegados.

A presidenta da Contraf-CUT, Juvandia Moreira, falou aos participantes sobre estratégia de luta e organização da categoria.

Reafirmando o tema da Conferênca – Só unidos a luta nos garante – Juvandia afirmou: “A gente precisa do outro, a gente não existe sem o outro, é com o outro que a gente aprende. Foi com união que garantimos nossos acordos nacionais. Mas estamos numa sociedade muito individualista e que incentiva a meritocracia em seu discurso neoliberal”.

A presidenta analisou que “Quem se recusa a fazer política, se recusa a ser cidadão, a ser agente de seus direitos e deveres. A política transforma nossas vidas e faz a vida dos trabalhadores, da cidade e do país, melhor”.

Juvandia acrescentou que “Temos sempre que relembrar a história das nossas conquistas, pois nenhum direito foi assegurado por bondade dos bancos. Tudo que temos hoje foi por muita luta dos trabalhadores”, afirmou.

Assista ao vídeo:

A Presidenta da Fetrafi-MG/CUT, Magaly Fagundes, ressaltou que a Conferência Estadual foi muito válida, com a discussão de pontos essenciais:

Assista ao vídeo:

A Conferência Estadual dos Bancários de Minas Gerais terminou com a aprovação de propostas importantes e elegeu os delegados que irão à 21ª Conferência Nacional dos Bancários, que será realizada entre os dias 2 e 4 de agosto, em São Paulo.

Participaram da Conferência trabalhadoras e trabalhadores das bases dos oito sindicatos filiados à Fetrafi-MG/CUT: Belo Horizonte e Região, Teófilo Otoni e Região, Divinópolis e Região, Juiz de Fora e Região, Uberaba e Região, Patos de Minas e Região, Ipatinga e Região, e Cataguases e Região.

Fotos: Alessandro Carvalho