O Sindicato dos Bancários de Juiz de Fora (Sintraf-JF) abraçou a campanha promovida em parceria com o Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Educação das Instituições Federais de Juiz de Fora (Sintufejuf), o Fórum 8M, o Instituto de Educação e Cidadania e a Escola Estadual Olavo Costa. Desde abril, as entidades estão recebendo doações e distribuindo para mulheres em situação de rua e moradores de bairros em situação de vulnerabilidade social.

 

A campanha consiste na distribuição de cestas básicas, produtos de higiene, máscaras de proteção, álcool gel. As doações podem ser feitas presencialmente na escola, localizada na Rua Maria Geralda de Freitas, sem número, em horário combinado através do telefone (32) 99112-6962, ou para as contas bancárias no nome de Núbia da Silva Oliveira, integrante do 8M, CPF 052.036.456-20, Caixa Econômica Federal, agência 2251, operação 13, conta poupança 3473-0 ou Banco do Brasil, agência 3139-9, variação 51, conta poupança ouro 40622-8. A prestação de contas está sendo publicada nas redes sociais do 8M.

Durante as ações são prestados esclarecimentos sobre a COVID-19, conscientizando a respeito da importância da quarentena durante a pandemia, além de realizar a verificação dos cadastros nos Auxílios Emergências, oferecendo suporte e ressaltando que apesar da solidariedade da classe trabalhadora, é dever do Estado assistir à população. A campanha traz também a bandeira em defesa do SUS.

De acordo com o secretário geral do Sintraf-JF, Robson Marques, em breve, o sindicato irá lançar a “Campanha de filiação e recadastramento solidário” que pretende, a cada nova sindicalização ou recadastramento, realizar a doação de 1kg de alimento.