O Banco do Brasil informou, na divulgação do lucro de 2017, que o pagamento dos dividendos aos seus acionistas ocorrerá em 12 de março. Na mesma data, será efetuado o pagamento aos funcionários, conforme negociado com a Contraf-CUT e publicado pelo presidente do BB, Paulo Cafarelli, em sua rede social.

Em breve, serão informados os cálculos dos valores apurados pelo BB para cada grupo de funcionários, que serão conferidos pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e pela Comissão de Empresa dos Funcionários do BB, como ocorre a cada semestre.

Para Wagner Nascimento, diretor do Sindicato de Bh e coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários, é importante reafirmar as negociações históricas em defesa dos funcionários. “Nos primeiros pagamentos de PLR feitas no acordo coletivo, a proposta do BB era pagar em 30 dias após o acordo e reduzimos para em até 10 dias. Assim, conseguimos negociar para que seja sempre no mesmo dia das assinaturas, bem como no mesmo dia do pagamento dos acionistas”, afirmou.

Fonte: Fetrafi-MG com Contraf-CUT