Foto: Sindicato dos Bancários de BH e Região

A remuneração total d@ bancári@ vai além do seu salário mensal. Inclui benefícios como VA, VR e PLR. Atualmente, somente os auxílios alimentação (VA e VR) chegam a R$ 1.648,95, valor 27% maior que o salário mínimo vigente. Com a proposta apresentada pela Fenaban e aprovada em Assembleia, a remuneração anual será ampliada acima da inflação para a maior parte dos trabalhadores, cerca de 69% da categoria.

Para o cargo escriturári@, com piso atual de R$ 2.647,53, o valor da remuneração anual em 2021 foi de cerca de R$ 71.026,18. Com a nova Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), o valor passará para R$ 78.399,28, ou seja, crescimento 10,4%, com ganho real aproximado de 1,44%.

Outro exemplo é o piso do caixa, atualmente em R$ 3.111,97, a remuneração anual em 2021 foi de R$ 86.779. Com as novas garantias, passa para R$ 95.412,33 com alta de 9,9% e ganho real estimado em 0,98.

Esta situação de aumento real na remuneração anualizada também será observada pelos trabalhadores que recebem o salário médio da categoria (R$ 8.617), cerca de 69% do total dos bancários brasileiros. A remuneração média anual de R$ 169.147,13 terá aumento médio de 9% com ganho real de 0,16%, passando para cerca de R$ 184.369,91.

Veja as tabelas abaixo:

Fonte: Sindicato dos Bancários de BH e Região

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *