A Contraf entregou em reunião ocorrida em SP no início do mês de agosto, documento em que deixa claro que a categoria bancária não entregará de mão beijada os direitos históricos que o empresariado atrasado e retrògrado quer tomar dos trabalhadores para salvar seu lucro.
Haverá uma nova rodada de negociações sobre vários temas no próximo dia 24/08. Posicionamento da Federação dos Bancos servirá para balizar estratégias de resistência d@s bancári@s em relação ao ataque a direitos conquistados com uma luta e sacrifício.

https://goo.gl/QiZimv