Entre os dias 13 e 27 de julho, mais de 106 mil associados e associadas da Previ irão escolher seus representantes para os cargos de Administração e Fiscalização da Previ e nos Conselhos Consultivos do Plano 1 e do Previ Futuro. Diante das crescentes tentativas de interferências externas danosas ao patrimônio dos associados, a Chapa 1 – Previ Para o Associado apresenta suas propostas em um modelo pautado na garantia do bem estar de seus associados e suas associadas.

 

Composta por candidatos e candidatas com reconhecido preparo técnico para administrar e manter a solidez da Previ, a Chapa 1 defende o modelo de gestão compartilhada que protege a instituição de interferências externas do Governo, da direção do Banco ou de agentes de mercado. Segundo Wagner Nascimento, candidato a diretor de Seguridade da Previ, ao longo de seus 116 anos a instituição superou crises com a força de seu corpo técnico, de seus eleitxs e associadxs.

 

“Esse modelo de governança precisa ser mantido. A Previ precisa manter um modelo onde continuamos com gestão paritária, continuamos com um corpo técnico composto por funcionários do Banco do Brasil para garantir o futuro de seus associados e de suas famílias”.

 

Ainda de acordo com Wagner Nascimento, a defesa do Banco do Brasil público é também uma prioridade da Chapa 1. Ele afirma que os impactos de uma privatização do BB são enormes para o país. O Brasil deixa ter um banco que é agente de desenvolvimento, no agronegócio, no crédito para pequenas empresas e no microcrédito.

 

“A privatização impacta também a gestão da Previ. Já vimos outros bancos privatizados que mudaram radicalmente seus fundos de pensão prejudicando os privatizados. Essa não é a primeira luta nossa contra a privatização do Banco do Brasil e talvez não seja a última. Nós da Chapa 1 Previ para o Associado estaremos sempre lutando contra a privatização do Banco do Brasil, defendendo os associados, defendendo a Previ e o desenvolvimento do país”.

 

Acesse a aqui a página da Chapa 1 para acompanhar outras propostas e conhecer candidatos e candidatas que trabalharão para que a Previ continue forte e sólida, investindo com segurança, orientados por análise técnica adequada e mitigando riscos para garantir a aposentadoria de toda a comunidade de funcionárixs do BB.

 

Da redação da Fetrafi-MG