Para demonstrar o quanto estão ‘vermelhos de raiva’ com a intenção do governo Temer de privatizar a CAIXA, os empregados devem usar roupas nessa cor durante toda a quarta-feira, 18, Dia Nacional de Luta em Defesa da CAIXA 100% Pública.

Semanalmente, a categoria tem realizado atos, às quartas-feiras, para defender os bancos públicos contra os ataques promovidos pelo governo Temer e mostrar à população a importância destas instituições para o desenvolvimento do país.
Motivos não faltam a empregadas e empregados para ficarem vermelhos de raiva. A atual direção do banco eliminou 5.486 postos de trabalho em apenas 12 meses, e o número de estagiários e aprendizes apresentou queda de 3.626 no mesmo período. Mais de cem agências foram fechadas. Além disso, no dia 9 de outubro, surgiu na imprensa a notícia de que Temer iria anunciar a privatização da CAIXA no final desse ano.

O processo de desmonte prejudica toda a sociedade e favorece apenas os bancos privados, que apoiaram o golpe e a chegada de Temer à presidência. Por isso, a realização do Dia Nacional de Luta é fundamental para conscientizar a população sobre a importância da CAIXA e os riscos da privatização.

Fonte: SP Bancários