Nessa quarta-feira, dia 15 de maio de 2019, o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE/MG) e o Sindicato dos Trabalhadores nas Instituições Federais do Ensino (Sindifes), entre outras entidades, convocam as categorias para Greve Nacional da Educação chamada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) contra o desmonte da aposentadoria e em defesa das universidades.

A Fetrafi-MG apoia a Greve Nacional da Educação.

Essa paralisação foi uma construção e articulação das entidades que representam a educação em âmbito nacional. E diversas entidades da área da educação em âmbito estadual e municipal estão participando das açoes nas principais cidades do país.

Haverá diversas atividades em Belo Horizonte e atos locais nos municípios.

Na Grande BH, as atividades estão sendo organizadas pelos trabalhadores do setor público e privado, representados pelo Sindifes, Sind-UTE/MG, Sinpro, SindRede-BH, Sindibel, SAAE-MG e DCE-UFMG.

O objetivo é chamar a atenção da sociedade para os impactos da Reforma da Previdência na vida dos trabalhadores e trabalhadoras e denunciar o ataque do governo federal as instituições federais de ensino e mais esse corte absurdo de 30% nos custeios, o que pode inviabilizar o funcionamentos das IFES.

Agenda da Grande BH

6 horas – Panfletagem na Estação do MOVE Pampulha (em frente entrada da UFMG na Av. Antônio Carlos)
9h30 – Concentração para o Ato Unificado na Praça da Estação
10h30 – Saída para o Ato Unificado na Praça Sete
14h – Ato Político em Defesa da Educação Pública, Gratuita e de Qualidade no Auditório do CAD 1 da UFMG, no Campus Pampulha
14h30 – Seminário sobre Reforma da Previdência no Auditório do CAD 1, no Campus Pampulha da UFMG. Palestrantes: Fred do Dieese e Beatriz Cerqueira, Dep. Estadual

Seminário

A sexta edição do Seminário sobre Reforma da Previdência será realizada no dia 15 de maio, às 14h, no auditório do CAD 1, no Campus Pampulha da UFMG, em Belo Horizonte. A atividade faz parte da Greve Geral da Educação e terá a participação de técnicos-administrativos, docentes, educadores e estudantes das redes municipal, estadual e federal. A atividade também faz parte da Campanha de Filiação, Recadastramento e Conscientização do Sindifes, que pretende enfatizar a importância do Sindicato para os trabalhadores das Instituições representadas por este Sindicato.

O Seminário tem como objetivo informar a Categoria sobre os impactos da reforma da Previdência, principalmente para os servidores públicos federais, e apresentar o futuro do sistema previdenciário caso a reforma seja aprovada. A atividade também faz parte das mobilizações contra a reforma da Previdência do governo Bolsonaro. Para apresentar o tema, foi convidado o economista e técnico do Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos), Frederico Melo.