É com grande pesar que a Fetrafi-MG comunica a morte do ex-presidente da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), Pedro Eugenio Leite Beneduzzi, nesta quarta-feira (24), em Brasília (DF).

Pedro Eugenio, como era mais conhecido entre os colegas da Caixa e do movimento associativo e sindical foi vítima de um infarto na manhã de hoje. Ele teve um mal-estar em casa e foi levado ao hospital, mas não resistiu.

Dirigentes da Fetrafi-MG e dos sindicatos ligados à entidade no estado de Minas Gerais lembraram no começo da tarde de hoje, durante um encontro virtual, do exemplo de luta, companheirismo e resistência de Pedro Paulo.

 

História de luta

Aposentado da Caixa, Pedro Eugenio Leite presidiu a Fenae por dois mandatos consecutivos, de 2008 a 2014. Nesse período, sua gestão foi marcada por grandes investimentos nas Apcefs, visando a revitalização de suas sedes sociais e a ampliação das ações das Associações do Pessoal da Caixa para promoção do bem-estar dos empregados do banco público.

Em mais de 30 anos, Pedro Eugenio sempre pautou sua atuação no movimento associativo e sindical na defesa da Caixa como banco público, social e forte, bem como a defesa incondicional dos direitos de seus trabalhadores. Foi árduo defensor da democracia e de um país sem desigualdades sociais.

Após sua aposentadoria, continuou contribuindo com as mobilizações do movimento dos empregados da Caixa e interagindo de forma lúdica e emitindo opiniões sobre o banco e a conjuntura no Brasil nas redes sociais com os colegas por meio do Instituto Datagenio.

Neste momento de dor e luto, a Fetrafi-MG se solidariza com a família e amigos do companheiro Pedro Eugenio, por esta perda irreparável.

Pedro Eugenio presente!

 

Com informações da Fenae