A Federação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro do Estado de Minas Gerais (Fetrafi-MG) recebeu com grande pesar e indignação,  a notícia da morte do bancário Alexandre Vieira Rodrigues, 39 anos, na manhã desta quarta-feira (20), durante um assalto a uma agência do Banco do Brasil, na cidade de Guaxupé, no sul do estado.

 

Alexandre, que era gerente do Banco do Brasil, e sua família foram rendidos em casa ainda nas primeiras horas da manhã. Ele foi obrigado a se dirigir à agência com alguns criminosos, enquanto sua esposa e dois filhos eram mantidos reféns na residência da família. Dentro do banco, um dos criminosos atirou no gerente.

 

Neste momento de dor, a Fetrafi-MG se solidariza e presta suas condolências aos familiares, amigos e colegas de trabalho de Alexandre. Ao lado do Sindicato dos Bancários de Juiz de Fora e Região, reafirmamos nosso apoio e assistência aos funcionários da agência de Guaxupé.

 

Reafirmamos ainda nossa luta para que outras vidas e histórias não sejam interrompidas de maneira tão violenta e vil.

 

Alexandre, Presente!