O Sindicato dos Bancários de Uberaba protestou contra a volta das demissões do banco Itaú, em plena Pandemia. O ato na porta da agência central da Avenida Leopoldino de Oliveira contou com a paralisação das atividades da agência nesta sexta (18).

 

“Os bancários estão duplamente indignados. Primeiro porque o Itaú é uma das instituições mais lucrativas do país. Só em 2019 lucrou R$ 28 bilhões e por conta disso não tem qualquer motivo para fechar postos de trabalho e deixar pais de família sem emprego. Segundo porque o banco fez compromisso de não demitir na pandemia e está quebrando um acordo com os trabalhadores”, ressalta o presidente do Sindicato dos Bancários de Uberaba, Diego Bunazar.

 

Apesar de uma queda na lucratividade dos bancos em 2020, as instituições financeiras não deixaram de lucrar neste ano. Para o movimento sindical, os bancos têm todas as possibilidades de manter os empregados.

 

“A demissão dos bancários é um problema que vai além da categoria bancária. O fechamento de postos de trabalho piora o atendimento nas agências e cria impacto na economia da cidade”, destaca Diego Bunazar.

 

Fonte: Sindicato dos Bancários de Uberaba