Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/fetrafim/domains/fetrafimg.org.br/public_html/wp-content/plugins/types/vendor/toolset/types/embedded/includes/wpml.php on line 646

Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/fetrafim/domains/fetrafimg.org.br/public_html/wp-content/plugins/types/vendor/toolset/types/embedded/includes/wpml.php on line 663
Sindicatos da base da Fetrafi-MG registram surto de Covid e Influenza na categoria | FETRAFI MG

O aumento dos casos de infecções pela Covid-19 e pelo vírus da influenza tem afetado diretamente a categoria bancária. Em Minas Gerais, a atuação dos sindicatos da base da Fetrafi-MG tem garantido o fechamento e a sanitização de agências que registraram casos de bancárias e bancários contaminados. As entidades representativas também estão mobilizadas pelo cumprimento de todos os protocolos de segurança e a manutenção de pessoas do grupo de risco em regime remoto de trabalho.

Na semana passada, a intervenção do Sindicato dos Bancários da Zona da Mata e Sul de Minas (Sintraf-JF) assegurou o fechamento de agências dos bancos Santander, Bradesco, Mercantil do Brasil e BB. O secretário geral do Sintraf-JF, Robson Marques, classificou como “tensa” a situação na cidade. Segundo ele, nesta quarta (12) o número de contaminados da categoria na cidade totalizou 61 casos.

Em Cataguases, a presidenta do Sindicato dos Bancários de Cataguases e Região (Seeb-Cataguases), Elizete Borela, informou que, até o momento, foram registrados casos de contaminação em agências do banco Santander e Bradesco. A dirigente afirmou que entrou em contato com o RH do Bradesco para a realização da sanitização da agência.

O secretário de Imprensa do Sindicato dos Bancários de Teófilo Otoni e Região (Sintraf-TO), Lucas Madureira, testou positivo para a Covid-19 após a intervenção em uma agência que havia registrado casos de Covid e funcionários com sintomas gripais. Uma agência do Bradesco de Teófilo Otoni chegou a ser fechada.

Ele explica que o sindicato tem atuado junto a@s gestores das agências, para cobrar mais rigor no uso dos EPIs, além do afastamento e da disponibilidade do serviço de teleatendimento para as trabalhadoras e os trabalhadores com sintomas gripais.

O presidente do Sindicato dos Bancários de Uberaba e Região (Sintraf-Uberaba), Diego Bunazar, também tem realizado a cobrança sistemática dos protocolos e acompanhamento das denúncias encaminhadas à entidade. Desde o começo do ano, foram confirmados casos em três agências do Bradesco e quatro agências do Itaú na cidade. A cidade tem hoje 13 bancári@s com Covid-19, sendo seis de uma mesma agência do Itaú.

O presidente do Seeb-BH, Ramon Peres, afirma que há um aumento significativo de casos de contaminação pela Covid-19 na capital mineira e região metropolitana.  Também tem preocupado a entidade os casos de influenza. O dirigente relata que até o começo desta semana cerca de 10 agências do Itaú, nove do Santander e 15 do Bradesco haviam sido fechadas. Ramon diz que os números são aproximados, já que os bancos não disponibilizam as informações para o sindicato.

“Infelizmente, no caso do Banco do Brasil, mesmo havendo confirmação de casos, os protocolos de prevenção foram mudados e as agências são apenas sanitizadas e não fechadas”. Ainda segundo ele, o Seeb-BH tem a confirmação de cerca de 80 bancárias e bancários com teste positivo para a Covid-19 na Caixa e no BB.

Em vídeo publicado nesta terça (11), na página oficial da entidade no Instagram, Ramon fez um apelo para que as bancárias e os bancários denunciem casos contaminação nas agências. “Entrem em contato com o sindicato para que a gente possa atuar”, ressaltou o dirigente.

Em Ipatinga, o secretário de Saúde, Segurança do Trabalho e Seguridade Social do Seeb-Ipatinga, Deusdeth De Souza Amorim, afirmou que a entidade monitora casos de contaminação em agências do Itaú (1), Santander (3), Caixa (1) e Bradesco (7). Uma agência do Banco do Brasil que registrou cinco pessoas contaminadas foi fechada.

A cidade de Divinópolis, contabiliza duas agências fechadas e quatro bancárias e bancários contaminados pela Covid-19, informou o presidente do sindicato, Marcelo Neves de Sousa.

Por Mariana Viel, da redação da Fetrafi-MG